Sejam bem-vindos ao outro lado do espelho, onde tudo pode acontecer (e acontece).

Wonderlando é um blog sobre textos diversos, descobrimentos e crescimento. A filosofia gira em torno do acaso, misturando fantasia e realidade de dois amigos que se conheceram também por acaso, Alice - que tem um país só seu -, e Yuri - chapeleiro e maluco nas horas vagas.

Leia, comente e volte sempre... Ou faça como a gente e não saia nunca mais.

21 de fevereiro de 2007

De Tanto Bater...




E lá estou eu...

ACORDA. Meu peito dói tanto. Onde eu estou? APAGA. Que sonho bom, quero pintar arco-íris por suas dores. ACORDA. Meu peito dói tanto. Um quarto branco, cheiro de borracha e química que saliva a boca. Maca - o inverso de cama. Por que não consigo parar de chorar? Não vejo sangue, está tudo bem, tudo bem. Meu peito dói tanto...
APAGA. Vejo as pessoas do meu passado. Elas me olham com angústia, com arrependimento; não entendo. ACORDA. Uma luz branca me atinge. Mesas me atingiram e me prensaram contra uma pilha de cadeiras. Minhas mãos ficaram presas uma de cada lado, formando o sinal da cruz. O sinal da cruz! Que ironia... Não conseguia me mexer, não havia ninguém; não conseguia respirar, podia gritar. Lutei até perceber que não conseguia sozinho, eu não conseguia sozinho. Eu não queria. O oxigênio ia com dificuldade ao meu cérebro. Eu não tinha muito tempo; eu não o tenho. E sorria.
Eu podia gritar, por que não o fiz? Talvez eu pudesse ter levantado as quinze mesas, talvez. Eu tentei, mas será que tentei o suficiente? Não queria realmente tirar aquelas mesas de cima de mim. E me vi ali, na oportunidade da minha vida - a de abandoná-la. Dei um sorriso sereno. APAGA. Formigas tomam meu corpo, de ponta a ponta. Gritos abafados por mãos que controlam a situação. Um orgasmo que me leva num túnel multi-colorido que me deixa feliz. Um lugar onde eu possa fazer o que quiser. Ser livre, mas somente enquanto durar aquele orgasmo.
ACORDA - Olá, eu sou o dr. Iv... - Quem é esse cara? O que ele está querendo me dizer? Alguém me salvou? Que tipo de salvação é essa, quando na verdade, se quer morrer?! - "...Isso no seu braço é só um soro, não se assuste. Você está muito fraco, mas vai ficar bem... não se preocupe."
Maravilha. Vou ficar bem?! Quase ri. Meu peito dói tanto. Mas já doía antes do incidente. Então qual o meu problema? Começo a suar mais do que o normal, minha pressão parece estar caindo, ou subindo, não sei a diferença. APAGA. Todos aplaudem meu show. Que forma medíocre e bela de me encontrar. Médicos correm de um lado para o outro. Sombras brancas, apitos, vozes, serenidade. Nada dói mais.


...Meu coração parou.

2 comentários:

|Y.KiddO| disse...

1.

Alice, in hopes of finding that damn rabbit disse...

um?

tempo produtivo enquanto estive ausente.

vc cuida mto bem do filhote : )