Sejam bem-vindos ao outro lado do espelho, onde tudo pode acontecer (e acontece).

Wonderlando é um blog sobre textos diversos, descobrimentos e crescimento. A filosofia gira em torno do acaso, misturando fantasia e realidade de dois amigos que se conheceram também por acaso, Alice - que tem um país só seu -, e Yuri - chapeleiro e maluco nas horas vagas.

Leia, comente e volte sempre... Ou faça como a gente e não saia nunca mais.

4 de julho de 2007

Ayers & Frank


Alice: It's a lie. It's a bunch of sad strangers photographed beautifully, and... all the glittering assholes who appreciate art say it's beautiful 'cause that's what they wanna see. But the people in the photos are sad, and alone... But the pictures make the world seem beautiful, so... the exhibition is reassuring which makes it a lie, and everyone loves a big fat lie. [“Closer”].

Alice: It’s a lie. It’s a bunch of sad words put together beautifully, and… all the glittering assholes who appreciate art say it’s beautiful 'cause that's what they wanna see. But the one that writes is sad, and alone... But the poems make the world seem beautiful, so... the texts are reassuring which makes them a lie, and everyone loves a big fat lie. ["Wonder"].

***

Fico triste. Não sei escrever. Ainda mais feliz. Não sei disseminar felicidade. Que triste. Não sei disseminar risos. Não sou engraçada. O Homem dos Dados era engraçado... e inteligente. Até Freud me fazia rir de vez em quando! E Jung era um fofo... e eu? Sou o quê?!

Um comentário:

Damn Rabbit disse...

sua pergunta já foi respondida antes mesmo de vc fazê-la.


vc é a flor do El Ciervo Vulnerado, e como não?