Sejam bem-vindos ao outro lado do espelho, onde tudo pode acontecer (e acontece).

Wonderlando é um blog sobre textos diversos, descobrimentos e crescimento. A filosofia gira em torno do acaso, misturando fantasia e realidade de dois amigos que se conheceram também por acaso, Alice - que tem um país só seu -, e Yuri - chapeleiro e maluco nas horas vagas.

Leia, comente e volte sempre... Ou faça como a gente e não saia nunca mais.

22 de julho de 2006

Eu (não) Sei na Verdade Quem Eu Sou

Problemas... problema é a chave da vida. Imagine se não os tivéssemos? Como seria tudo vazio e sem-graça. Claro que essa visão da inexistência do problema é totalmente utópica, mas continuaremos sempre cegamente assolar-nos de todos os problemas do mundo. A vida é totalmente um problema infinito, veja por exemplo a tentativa ridícula da insistência do homem em querer aprimorar a natureza; uma natureza que estava pronta, sem problemas até o homem dar sua visão arrogante[nesse caso cabe também ignorante] de que aquilo não estava pronto e lá vai ele botar defeito. E daí iniciam-se os problemas que crescem como bola de neve, aliás, bola de neve causada por avalanche causada pelo aquecimento global que resulta em câncer, falta de água potável, alteração no ecossistema... enfim, problemas suficientes para gerações e gerações ocuparem o vazio de suas vidas. Opa, mais um problema! Vazio, solidão, "oh vida sem sentido e desgraçada sem teu amor"; até para amar alguém se tem problemas. Viver é um turbilhão de problemas.
Quando nascemos não é a toa que choramos, lembro-me bem quando nasci: "Puta que pariu, me fudi! Vou ter que crescer, vão arrancar à força minha inocência, depois vão me dar uma carteira de trabalho e vão me obrigar a votar; vou ser obrigado também a beber e transar com mulheres e contar pra todo mundo pra provar que sou "macho". Vou me machucar de ralar a pele, quebrar ossos, também vou me machucar por dentro por não ser correspondido de idéias, de amores, não importa. Depois serei obrigado a escolher uma profissão e ser infeliz nela até envelhecer, ter um monte de doença e reclamar que no meu tempo as coisas eram muito melhores, e morrerei provavelmente da mesma forma que vim: chorando! - obrigações de mais pro meu gosto, eu passo, muito obrigado."

Assisti uns 2 capítulos da novela "A Viagem" que estava passando na globo. O céu para eles é um enorme parque ibirapuera e a "regra" do paraíso é simplesmente amar o próximo, não se apegar a coisas materiais, respeitar a natureza, viver em harmonia, fazer o que quiser - quer tomar sol, tome; quer trabalhar, trabalhe - até sua alma estar amadurecida o bastante para outro plano astral. Lá não existe problema em fazer isso, mas percebi que essa filosofia posta em prática n'A Viagem é uma filosofia hippie[espírita também, mas hippie!]. E ser hippie aqui na Terra é um problema para a maioria das pessoas. Viver é negócio complicado...

"Eu não sei na verdade quem eu sou
já tentei calcular o meu valor
Mas sempre encontro um sorriso e o meu paraíso é onde estou
Por que a gente é desse jeito?
criando conceito pra tudo que restou
...
Descobrir... da onde veio a vida
por onde entrei... deve haver uma saída
e tudo fica sustentado... pela fé
Na verdade ninguém... sabe o que é"
-Teatro Mágico-
[deletei]

3 comentários:

.H.deLata. disse...

Por acaso, no meio do texto, ela entra no meu quarto e soluça lágrimas que dizem que ela não sabe o que fazer e desabafa sem espaço nas palavras.
Sentamos, conversamos. Sinto que não ajudei em nada... realmente não ajudei em nada. A impotência é horrível, gera desespero. E o pior, não há nada que se possa fazer, nem por ela, nem pelo motivo de suas lágrimas

não me sinto bem.

Alice, in hopes of finding that damn rabbit disse...

Não me sinto bem, te "lendo" assim.
Quero te ver, quero te ajudar...
Mas quero acima de tudo que você me deixe te ajudar.
Sonhei com você, várias vezes... não lembro muito bem, mas depois te conto o que lembrar.
E vamos tornar nosso lugar um lugar bom para você também, viu? Se não ele não terá mais sentido.
E eu não quero isso.

"[deletei]" ?

*ju disse...

essa musika do teatro mágico eh a minha preferida...(e de mais um monte de gnt mas enfim)



qndo eu perguntar se vc tah bem vc promete ke responde com sinceridade?=P