Sejam bem-vindos ao outro lado do espelho, onde tudo pode acontecer (e acontece).

Wonderlando é um blog sobre textos diversos, descobrimentos e crescimento. A filosofia gira em torno do acaso, misturando fantasia e realidade de dois amigos que se conheceram também por acaso, Alice - que tem um país só seu -, e Yuri - chapeleiro e maluco nas horas vagas.

Leia, comente e volte sempre... Ou faça como a gente e não saia nunca mais.

25 de janeiro de 2010

Um Lucky Strike não te substitui

Faz algum tempo que ela não me acompanha. Nas noites é quando mais sinto sua falta, quando antes de deitar, nos beijávamos. Eu a dobrava, acariciava, lambia... Era tão bom, tão sincero.

A gente era fogo. Só ela me fazia voar, com seu jeito particular de idealizar os pensamentos. Quando deitava com ela na minha mente, via um mundo diferente ao seu lado. Tudo fazia sentido, eu ficava bem e alinhado. Ria, gozava, afundava no colchão e os sonhos eram o que eram.

Desde que foi embora, minha vida perdeu um pouco as cores. Os desejos já não desejo tanto assim, a comida perdeu o sabor, as piadas perderam a graça, a música e o sexo continuam bons, mas não é a mesma coisa. Às vezes acho que, na verdade, nada tem graça e a vida não pode me oferecer algo melhor.

Agora observo a madrugada sem tê-la em minhas mãos, em meus lábios. Observo o brilho fraco das estrelas pensando onde estaria se ela estivesse comigo. Vejo a noite passar insone e não me encontro em lugar nenhum. Pego um cigarro, acendo, trago. Trago. Não sinto, não sinto mais, não é ela. Um Lucky Strike não te substitui.


3 comentários:

Alice disse...

o cigarro não substitui nada nunca

aonde terá ido o que não se pode substituir?

Brunna S. disse...

mas vc achou mesmo que um lucky strike poderia substituí-la? NUNCA!
até pq é insubstituível hahahaha
gostei.
ps.: tbm sinto falta dela. de nós três juntos =P

Au Revoir disse...

Acho digna a tentativa.
=*