Sejam bem-vindos ao outro lado do espelho, onde tudo pode acontecer (e acontece).

Wonderlando é um blog sobre textos diversos, descobrimentos e crescimento. A filosofia gira em torno do acaso, misturando fantasia e realidade de dois amigos que se conheceram também por acaso, Alice - que tem um país só seu -, e Yuri - chapeleiro e maluco nas horas vagas.

Leia, comente e volte sempre... Ou faça como a gente e não saia nunca mais.

11 de maio de 2008

Sem colo de mãe hoje

Nem chorar eu consigo mais. Mentira, eu consigo, mas é tão passageiro, tão superficial. Faz que vai molhar meus olhos, faz que vai cair e borrar meu caderno... mas muda de idéia e tudo se seca. Seca. O que se passa? Parece que não sinto nada. Vai, é tão difícil ser feliz, por que eu me questiono? Por que não me permito? Vai, pode ser feliz. Sorrir não dói. Digo que nada sinto, mas é mentira. Tudo é mentira, porque o que eu sinto não faz sentido. Nada se conecta com nada, não há razão de ser as idéias do momento. Estou me sentindo no passado... é, no passado. Vou fazer o que fazia: vou parar de escrever pra ficar quietinha no meu canto. Mas me perturbe com um colo, tá?
***
Meus colos estão mudando. Colo de mãe não funciona pra tudo mais. E pra agora, nenhum colo me serve.

Um comentário:

Milla Pupo disse...

Sentir é algo primitivo, não precisa fazer sentido e ter explicação.

E tem momentos que não há colo que sirva mesmo...

=**