Sejam bem-vindos ao outro lado do espelho, onde tudo pode acontecer (e acontece).

Wonderlando é um blog sobre textos diversos, descobrimentos e crescimento. A filosofia gira em torno do acaso, misturando fantasia e realidade de dois amigos que se conheceram também por acaso, Alice - que tem um país só seu -, e Yuri - chapeleiro e maluco nas horas vagas.

Leia, comente e volte sempre... Ou faça como a gente e não saia nunca mais.

22 de janeiro de 2009

Te Devoro

Um beijo expansivo, feroz, escondido, cheio de mãos e amassos. Cheio de saudade. Será que vai ser sempre assim? Nosso segredo com hora marcada, em dose regulada, que se acumula por 365 dias inteiros. Criamos assim, nunca encaramos a situação, e assim sempre será. Será?

"Teus sinais
Me confundem
Da cabeça aos pés
Mas por dentro
Eu te devoro,
Teu olhar
Não me diz exato
Quem tu és
Mesmo assim
Eu te devoro"

Você é a representação do meu ego, meu gêmeo, meu reflexo. Seus olhos de esmeralda param o tempo e me mostram o universo inteiro. Quantas possibilidades reclusas num olhar... Caralho. Quanto desespero num beijo, quanto desejo, quantas lágrimas. Dois corpos num só, com o mesmo objetivo em direções opostas. Temos chances, sou eu, o Sanchez, mas e você, quem é?

"Te devoraria
A qualquer preço,
Porque te ignoro,
Te conheço..."

É um momento. Eu te ignoro até você aparecer, você eu não sei. Eu vivo pra te ver, pra te ter em pensamento, pra saber que me tens em seus olhos e saber que fomos feito na mesma fôrma. Assustador, eu sei. Mãos que se encontram, que logo se soltam. Nos arrependemos sempre, sabemos de tudo sem dizer um "A", um mísero "A". Te decifro, mas é você quem me devora.

"Eu quero mesmo é viver
Pra esperar, esperar
Devorar você"

Um comentário:

*ju disse...

que texto bonito Sr. Yuri :)